Londrina/Caixa/IPEC fatura ouro no pentatlo nos JEJ’s

Medalha foi conquistada pelo jovem João Ricardo Canonico (Colégio Ética), de 14 anos. Ele é considerado uma das grandes promessas do time de Londrina / Foto: Assessoria de Imprensa/DivulgaçãoMedalha foi conquistada pelo jovem João Ricardo Canonico (Colégio Ética), de 14 anos. Ele é considerado uma das grandes promessas do time de Londrina / Foto: Assessoria de Imprensa/Divulgação

Curitiba - O garoto João Ricardo Canonico (Colégio Ética) alcançou hoje mais uma grande conquista para sua curta carreira. Apontado como uma das grandes promessas da equipe Londrina/Caixa/IPEC de atletismo, o atleta de 14 anos faturou a medalha de ouro no pentatlo na final dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ’s), para aletas de 12 a 14 anos, que está sendo disputada em Curitiba.
 
João Ricardo chegou à última prova da sequência, os 800 metros, com 49 pontos de vantagem para o segundo colocado. Era preciso ter tranquilidade para administrar a ponta e isso não faltou. Ele fechou a prova na terceira colocação depois uma corrida de recuperação. Na pontuação final, João somou 2.734 pontos, 85 a mais que o segundo colocado, João Victor Belo, de São Paulo.
 
“Estava muito concentrado e determinado a levar essa medalha para casa. Apesar da boa vantagem, foi uma competição muito dura, com bons oponentes. É uma conquista importante para minha carreira. Só tenho a agradecer a todos da equipe e também ao Colégio Ética pelo apoio de sempre”, afirmou o atleta.
 
A medalha de ouro no pentatlo em uma competição de atletismo é um feito importante, já que coroa o atleta mais completo da modalidade, justamente por reunir cinco provas e exigir uma gama de qualidades diferenciadas do competidor.
 
Descoberto pelo programa Pente Fino, João Ricardo integra a equipe Londrina/Caixa/IPEC desde 2016 e já foi campeão paranaense sub-14 no tetratlo e 80 metros com barreiras no ano passado e repetiu a dose neste ano no pentatlo na categoria sub-16. Também foi vice-campeão estadual escolar, condição que o levou à disputa dos JEJ’s, em Curitiba.
 
Para o técnico Gilberto Miranda, que acompanha a competição em Curitiba, a conquista reforça a filosofia da equipe, de unir a parte técnica ao social. “Isso nos faz acreditar que estamos no caminho certo. Conquistas como essa do João servem de inspiração para toda a equipe, em seus diversos programas”, observou.
 
Além de João, a equipe de Londrina tem outros dois atletas representando o Estado na capital. Gabriela Tardivo disputa amanhã a final dos 1000 metros rasos e Giovanna Nogueira Vespero busca medalhas no arremesso do peso.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

CEO da CBDN

Pedro Cavazzoni fala sobre PyeongChang 2018

Esportes de Neve

Victor Santos fala sobre o Cross Country

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook